Publicado em: qui, mar, 2014

Jovem desaparecida é encontrada morta em fossa da casa do amante

O corpo de uma jovem identificada como Welica Gomes Barros, 18 anos, foi encontrado enterrado na fossa do quintal de uma casa na cidade de Palmeira do Piauí, Sul do estado. Segundo a polícia, a casa é de um rapaz que teria um caso amoroso com a vítima. Welica estava desaparecida há 10 meses.

De acordo com o delegado regional, Juciêr Alves, a denúncia de que o corpo estava enterrado em uma fossa foi feita pelo sogro do rapaz. A polícia então fez um pedido de busca e apreensão na casa e realizou as escavações ainda na terça-feira. “A esposa dele contou para o pai sobre o crime e disse que o corpo estava enterrado na residência do casal e que não havia contado antes porque estava sendo ameaçada de morte pelo marido”, relatou o delegado.

Após as escavações os policiais encontraram o corpo enrolado em um lençol.

A polícia trabalha com uma linha de investigação e acredita que o crime tenha sido motivado por ciúmes. “Ouvimos alguns depoimentos de vizinhos e familiares que relataram que o rapaz tinha bastante ciúme da amante. Ele próprio confessou que eles eram amantes, mas nega que tenha matado a jovem”, disse ainda o delegado que acompanha o caso.

Segundo o delegado, depois que a denúncia foi feita, o homem chegou a sequestrar e agredir a esposa, mas foi preso ainda na terça-feira. “Ele acusa a mulher pelo crime e diz que a jovem foi enforcada, mas nós não acreditamos nessa versão”, disse Juciêr Alves.

Welica Gomes Barros estava desaparecida desde maio do ano passado. Na época, familiares da jovem chegaram a espalhar cartazes com fotos da jovem e contatos pedindo por informações sobre o paradeiro dela. Segundo o delegado, a família chegou a pensar que Welica havia sido sequestrada.

O corpo da jovem foi removido na madrugada de quarta-feira (19) por uma equipe do Instituto Médico Legal para a realização de exames em Teresina. O delegado Juciêr Alves não soube precisar o prazo para a apresentação dos laudos. O crime chocou a população de Palmeira do Piauí.

Patrícia Andrade

A jovem Wélica Gomes Barros, 17 anos, estava desaparecida há 10 meses. Denúncia de que o corpo estava enterrado foi feita pelo sogro do suspeito.

A jovem Wélica Gomes Barros, 17 anos, estava desaparecida há 10 meses.
Denúncia de que o corpo estava enterrado foi feita pelo sogro do suspeito.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Faça um Comentário

XHTML: Você pode usar essas tags html: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>